Identificados corpos encontrados em Bananal

JB Online

RIO - O Instituto de Medicina Legal (IML) de Angra dos Reis identificou os dois corpos encontrados pela Defesa Civil na tarde desta terça-feira na Enseada do Bananal. As vítimas são Emanuele Rodrigues e Fernanda Muraca, que estavam na casa onde um grupo de 17 pessoas da cidade paulista de Arujá passava o réveillon.

Com isso, sobe para 52 o número de mortes provacadas pela chuva durante o feriado de Ano-Novo no municípo do sul fluminense. Os bombeiros prosseguem as buscas por pelos menos mais dois corpos em Angra dos Reis: o de uma menina, no Morro da Carioca, e de uma mulher, em Ilha Grande. Tragédia em Angra

Deslizamentos de terra causaram dezenas de mortes na madrugada do dia 1º em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. No centro de cidade, uma encosta cedeu e deslizou por cima de casas no Morro da Carioca. Na Ilha Grande, o deslizamento por conta das chuvas durante a madrugada encobriu a pousada de luxo Sankay, lotada de turistas, e mais sete casas, na enseada do Bananal. Cerca de 120 homens da Defesa Civil, dos Bombeiros e da Marinha participam do resgate. Com informações da Agência Brasil