Operação derruba 1.167 construções irregulares em 2009 no Rio

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Balanço da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) do Rio de Janeiro aponta que, em 2009, foram demolidos 60 prédios, 28 casas, 248 barracas de comércio ilegal, 138 barracos de alvenaria ou concreto, quatro depósitos, uma saibreira, um lava a jato, uma concessionária de veículos e um puxadinho de um restaurante que estavam irregulares. As ações de demolição totalizam 1.167 unidades derrubadas.

Também foram apreendidos 357.122 CDs e DVDs vendidas ilegalmente nas ruas na Operação Choque de Ordem, o que representa um aumento de 546% nas apreensões destes produtos.

Neste ano, foram apreendidas ainda 64 toneladas de produtos perecíveis (doces, frutas e verduras). O balanço das operações de repressão à venda ilegal dos não perecíveis aponta para 27.169 eletrônicos, 117 bicicletas, 710 botijões de gás, 1.275 isopores, 108.166 miudezas, 26.917 móveis e 40.149 peças de vestuário.

Com relação ao estacionamento irregular, foram aplicadas 743.559 multas e rebocados 25.570 veículos em 2009. Operações de acolhimento de população de rua realizadas em vários bairros da cidade retiraram das vias e praças públicas 5.491 adultos e 2.126 crianças e adolescentes, conduzidos para abrigos da prefeitura.

Com relação às ações para coibir a publicidade irregular, a Seop, este ano, aplicou 1.737 notificações, 934 autuações, adesivou 2.930 e retirou 260 propagandas expostas sem autorização da prefeitura.