Atrasos e tumultos marcam estreia da ligação direta Pavuna-Botafogo

JB Online

RIO - A estreia da linha direta Pavuna-Botafogo do metrô carioca, nesta terça-feira, foi marcada por atrasos de composições e tumulto generalizado nas estações. Houve muito empurra-empurra. Revolta também foi o que não faltou.

Como se não bastasse o grande movimento de passageiros, o Metrô operou com menor número de composições. A estação Pavuna, por exemplo, foi fechada por alguns minutos para que a plataforma lotada pudesse ser liberada.

Os trens circularam com intervalos de cerca de 10 minutos e, em alguns momentos, o tempo chegou a 15 minutos.

Os usuários devem lembrar que a ligação Pavuna-Botafogo (Linha 1A) vai funcionar em sistema de pré-operação, ou seja, os seis carros desta linha vão circular somente até a estação da Glória, das 5h às 8h. A ligação até Botafogo só ocorrerá das 17h às 19h, nos dias úteis. Nos demais horários e em finais de semana e feriados os passageiros terão de fazer a transferência na estação Estácio.