Lula inaugura e pega metrô

Jornal do Brasil

RIO - A estação de metrô do bairro de Ipanema (Zona Sul) foi inaugurada ontem, com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. A estação General Osório, situada na praça de mesmo nome, tem capacidade para atender a 80 mil pessoas por dia.

Lula disse que a obra é um resgate histórico para o Rio e representa a união entre os pobres do morro e a classe rica do asfalto.

É muito bom inaugurar uma estação do metrô, o que existe de mais sofisticado do ponto de vista do transporte de massa, aqui num dos lugares mais chiques do Rio de Janeiro, e ao mesmo tempo inaugurar um elevador no Pavão-Pavãozinho. Assim, as pessoas que moram no morro podem encontrar as que moram em Ipanema e dizer: eu moro no morro, você mora aí embaixo, mas eu não sou bandido e nós somos todos cariocas e temos direito a viver em paz afirmou o presidente, durante o discurso.

O investimento nas obras foi de R$ 478 milhões, sendo R$ 308 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e R$ 170 milhões do governo do estado.

A estação fica 23 metros abaixo do nível da rua e foi projetada para garantir acessibilidade total aos passageiros, com a instalação de 12 elevadores, 17 escadas rolantes e seis esteiras rolantes. Ainda está sendo construído um elevador com 75 metros de altura, que ligará o metrô ao alto do Morro do Cantagalo.

Após a inauguração, Lula seguiu de metrô até o Estádio do Maracanã, para fazer o descerramento da estátua do jornalista João Saldanha, que teve sua história ligada ao Partido Comunista Brasileiro (PCB). Saldanha chegou a ser técnico da Seleção Brasileira que ganhou a Copa de 70, mas foi substituído por Mário Lobo Zagallo meses antes da competição, por divergências políticas com o regime militar.

Em seguida, no ginásio do Maracanãzinho, o presidente participa da cerimônia de entrega do Prêmio Brasil Olímpico, promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COI). O último compromisso de Lula no dia foi um jantar promovido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) para empresários.

Logo após a passagem do presidente Lula e sua comitiva no trecho inaugural da conexão Pavuna-Botafogo, um trem do metrô teve problemas no sistema de fechamento das portas e os passageiros foram obrigados a desembarcar na estação Largo do Machado. Na semana passada, o sistema também teve problemas, que geraram superlotação e atrasos.