Casal é acusado de torturar bebê de seis meses

JB Online

RIO DE JANEIRO - Um casal foi preso na tarde deste domingo (20) por policiais da 16ª DP (Barra da Tijuca), com a acusação de matar a filha, de apenas 6 meses. Com diversas lesões pelo corpo, a criança foi atendida no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

A equipe médica constatou fraturas recentes, marcas de queimadura, cicatrizes de ferimentos antigos, além de ter sido diagnosticada com insuficiência renal e desidratação. Como os pais falaram que a criança tinha caído da cama, os médicos suspeitaram e chamaram a polícia.

O ajudante de pedreiro Renato Souza Cardoso, de 25 anos, e a mãe, uma estudante de 16 anos, negam a acusação de tortura. Há indpicios de que eles podem ser reincidentes no crime: o bebê foi internado, há cerca de três meses, com traumatismo craniano no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.