MP denuncia taxista acusado de assaltar passageiros no Rio

Portal Terra

RIO - O Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro ofereceu denúncia na quinta-feira contra Ruymar Rodrigues de Souza, acusado de atuar como taxista pirata. De acordo com o MP, Souza utilizava o táxi para assaltar seus passageiros. Ele também é acusado de vender falsas licenças de táxi e abrir contas bancárias utilizando o nome das vítimas.

Segundo o MP, o taxista está foragido. Durante a apreensão do veículo feita pela PM, foram encontradas uma réplica de uma pistola de pistola 9mm, cartões bancários, cópias de identidade, cheque em nome de Márcio Carneiro Correia e documentos pessoais de Carlos Alberto da Silva Lira.

Segundo as investigações da Polícia Militar, Carlos Alberto da Silva Lira informou, na Delegacia de Polícia, que teve seus documentos roubados no dia 18 de outubro de 2008. Já Márcio disse ter perdido sua documentação e nunca ter aberto conta bancária.

A denúncia do Ministério Público também afirma que o taxista é acusado de não obedecer à solicitação de estacionar o seu carro, dada por dois policiais militares, em 10 de novembro de 2008. Segundo o MP, neste dia, o taxista teria jogado o veículo em direção aos PMs.