Gilmar Mendes encerra mutirão carcerário no Rio

Agência Brasil

RIO - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Gilmar Mendes, participa hoje (6), às 11h, do encerramento do 4º Mutirão Carcerário do Rio de Janeiro. A cerimônia será no Complexo Penitenciário de Gericinó, no Instituto Penal Plácido de Sá Carvalho.

Gilmar Mendes lança a segunda fase do Projeto Começar de Novo, que tem o objetivo de ressocializar e integrar ao mercado de trabalho os egressos do sistema penitenciário.

Esse foi o maior mutirão realizado no estado, abrangendo duas unidades prisionais de Gericinó. Os mutirões carcerários coordenados pelo CNJ já passaram por 17 estados, analisaram mais de 80 mil processos e resultaram na liberdade de mais de 26 mil presos.