Manuscritos de Vargas doados para o Arquivo Nacional

JB Online

RIO - Será realizada na sexta-feira, no Arquivo Nacional, a cerimônia de assinatura do Termo de Doação de documentos manuscritos originais, produzidos por Getúlio Vargas, nos anos de 1951 e 1954. Os bilhetes redigidos, em papel timbrado, pelo Presidente da República foram direcionados ao então Chefe da Casa Civil, Lourival Fontes.

A doação das duas caixas contendo os 682 bilhetes administrativos será feita por Adnil Sobral e Francisco Baptista, filhos do ex-governador de Sergipe, Lourival Baptista, com quem o Chefe da Casa Civil do governo Vargas manteve longa amizade e a quem confiou, no ano de 1967, os referidos documentos, que continham providências e diretrizes político-administrativas a serem tomadas, sob a promessa de que fossem divulgados somente quarenta anos depois.

O material revela detalhes sobre os últimos anos do segundo governo de Getúlio, mostrando despachos diários do estadista com seu chefe da Casa Civil, até um mês antes de suicidar-se, em agosto de 1954.

A cerimônia de doação contará com a presença da neta do estadista, Celina Vargas e do pesquisador Francisco Reynaldo Barros, especialista em getulismo.