Em conferência, Rio é eleito o melhor destino gay do mundo

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Competindo com Barcelona, Buenos Aires, Montreal e Sydney, o Rio ganhou nesta segunda-feira a eleição melhor destino gay do mundo, em votação ocorrida durante 10a Conferência Internacional de Turismo LGBT, nos Estados Unidos. A escolha veio, coincidentemente, um dia após a a 14ª Parada Gay da cidade.

A conferência foi realizada pelo canal Logo, da MTV, que existe desde 2005 nos Estados Unidos e tem sua programação voltada para o público homossexual. Os prêmios, que também tiveram categorias como os melhores bares, hotéis e até companhias aéreas para o público gay, procuravam honrar os mais estilosos, excitantes e quentes destinos e serviços que atraem, mimam e apelam para o viajante LGBT , de acordo com a Logo.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, comemorou, por meio de sua assessoria de imprensa, o novo título carioca:

O título de melhor destino gay é mais um reconhecimento da hospitalidade do nosso povo, que faz todos os visitantes se sentirem em casa. É um prazer e orgulho ser o prefeito de uma cidade acolhedora que respeita e valoriza as diferenças disse o prefeito.

A conferência elegeu, ainda, outras categorias do turismo GLS. Nova York, por exemplo, foi eleita o melhor destino gay dos Estados Unidos. Curaçao, no Caribe, ficou como destino gay revelação, enquanto a parada gay de Madri foi escolhida como a melhor do mundo. O bar The Abbey, em Los Angeles, foi eleito o melhor bar GLS do mundo e, a Atlantis Events, a melhor agência de turismo.

O bairro de Marais, em Paris, foi escolhido o mais sexy do planeta, a W Hotels foi lembrada como a melhor rede hoteleira e o Wynn Las Vegas o melhor resort.