Corpo de suboficial da FAB chegará à tarde no Rio

Portal Terra

RIO - O corpo do suboficial Marcelo dos Santos Dias deixou o Aeroporto Militar de Ponta Pelada, na zona sul de Manaus (AM), na manhã desta segunda-feira. Ele foi levado para o Rio de Janeiro, onde deverá chegar às 13h40 na Base Aérea do Galeão. Dias, que era casado e tinha três filhos, será sepultado na capital fluminense.

Na manhã de domingo, o Comando da Aeronáutica localizou o corpo do suboficial, o único que continuava desaparecido depois do acidente com a aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

A aeronave da FAB, com 11 pessoas a bordo, entre servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e militares que trabalhavam na vacinação de índios, fez um pouso forçado em um igarapé da Amazônia na última quinta-feira. No dia seguinte, indígenas encontraram os nove sobreviventes, que passam bem. No sábado, o corpo do servidor da Funasa João de Abreu foi localizado.

A atuação de Dias após o acidente foi reconhecida pelos sobreviventes. A servidora da Funasa Josiléia Vanessa de Almeida, técnica em enfermagem, afirmou no sábado que a atitude do subcomandante foi exemplar.

- Foi ele quem abriu a porta traseira e ajudou todo mundo sair - afirmou.