Chuva pega turistas de surpresa

João Pequeno, Jornal do Brasil

RIO - A chuva que caiu ontem em praticamente todo o estado do Rio pegou de surpresa quem viajou pensando em aproveitar o feriado prolongado, animado pela previsão de tempo com sol a parcialmente nublado, mas sem precipitação.

Segundo o Instituto Climatempo, a mudança foi causada por um sistema de baixa pressão, fenômeno meteorológico que causa alterações repentinas, com chuvas e fortes ventos. Este tipo de fenômeno só é identificado com 24 horas de antecedência, por isso não estava previsto antes do fim de semana.

De acordo com Alexandre Nascimento, meteorologista do instituto, o sistema se forma quando o ar converge de outras regiões para zonas com baixa pressão atmosférica, como a que estava no Rio, formando nuvens carregadas.

Ele chegou ao Rio de madrugada, pelo Norte Fluminense, vindo do Espírito Santo onde as chuvas já deixaram três mortos e 5 mil desabrigados até o fim do dia de ontem. Após atingir a Região dos Lagos e o Grande Rio, a tendência é que o fenômeno se encerre hoje no Litoral Norte de São Paulo. Segundo o Climatempo, o sol deve aparecer hoje no Rio, mas ainda podem haver pancadas de chuva.

Baralho e tabuleiro restaram para quem esperava pegar uma praia em Búzios. O carteado foi o refúgio do dentista Eduardo Pedro Campos, de 26 anos.

Fui para a Azedinha, quando a chuva deu uma trégua, umas 15h30. Pisei na areia, ela voltou. Corri todo molhado para o carro contou.

A estudante de direito Marcella Castello Branco, 18, que estava na casa de uma amiga, preferiu o jogo de tabuleiro Master.

Menos mal que uma amiga minha, que estava numa pousada ficaria até o fim do dia, mas resolveu voltar mais cedo.

Na pousada Baia Bonita, todos os cinco quartos disponíveis foram deixados por causa da chuva.

Caiu bem na hora do café, então todos viram e desistiram lamentou Rafael Celano, neto da dona da pousada, que, pelo menos, conseguiu novos hóspedes para quatro quartos. Eram pessoas vieram sem reserva explicou.

Em outra pousada, a Praia da Hípica, de forma inusitada uma família resolveu ficar mais.

Eles iam hoje (ontem), mas ficaram com medo de viajar na chuva contou o recepcionista Cláudio Rosa, que, no entanto, perdeu mais do que ganhou. Hóspedes de dois dos 10 quartos anteciparam a saída.