Presos suspeitos de coordenar invasões no Rio são transferidos

Portal Terra

RIO - Começou na manhã deste sábado a transferência de dez presos de penitenciários do Rio de Janeiro para um presídio no Mato Grosso do Sul. Segundo disse o tenente coronel da Polícia Militar do Rio Milton Corrêa ao canal de TV Globonews, eles eram levados pelas ruas do Rio em um comboio organizado.

Segundo Corrêa, o governo do Rio suspeita que os presos deram instruções de dentro da cadeia para comparsas invadirem o morro dos Macacos, ação que resultou, entre outros incidentes, na derrubada de um helicóptero da Polícia Militar, no último sábado.

A Secretaria Estadual de Segurança do Rio solicitou ao Tribunal de Justiça e ao Ministério Público a transferência.

Os presos que devem ser transferidos para o presídio de segurança máxima de Campo Grande são Nei da Conceição Cruz, o Nei Falcão; Cassio Monteiro das Neves, o Cassio da Mangueira; Marcio Silva Matos, O Marcinho Muleta; Roberto Ferreira Vieira, o Robertinho do Jacaré; Jorge Alexandre Candido Maria, o Sombra; Marcelo Soares de Medeiros, o Marcelo PQD; Fábio Pinto dos Santos, o Fabinho São João; Ocimar Nunes Robert, o Barbosinha; Claudecyr de Oliveira, o Noquinha; e Edgar Alves Andrade, o Doca.