Coronel da PM diz que Rio vive a maior guerra urbana do mundo

JB Online

RIO - Especialista em violência urbana, o tenente coronel da Polícia Milutar Milton da Costa afirmou na manhã desta sexta-feira que o Rio vive uma situação de violência urbana única. De acordo com o oficial da reserva da corporação, o que se passa na cidade não tem paralelo em todo o mundo.

- Vivemos uma guerra urbana, talvez a maior de toda a história, algo jamais visto - disse o policial.

Milton deu entrevista à TV GlobNews e afirmou que a PM carioca tem um déficit de 23 mil policiais, e que este número só deverá chegar ao ideal pouco antes dos Jogos de 2016.

- Não se pdoe formar policiais de um dia para o outro - alerta.

Ele se mostrou indignado com a atitude do capitão e do cabo da PM que furtaram os ladrões responsáveis pelo assassinato do coordenador do grupo Afroreggae, Evandro João Silva, morto sábado de domingo.

- No momento em que estamos colhendo os frutos da ocupação das UPPs, eles mancharam as imagem da corporação. Devem ter a prisão pedida sim. O

O major Oderley dos Santos, porta-voz da PM, foi exonerado pelo governador ´na manhã desta segunda-feira.