Acrobata da Intrépida Trupe é assassinado a marretadas

JB Online

RIO - Caio Guimarães, acrobata da Intrépida Trupe, de 36 anos, foi morto segunda-feira a marretadas na cabeça, em casa, em Santa Teresa, no Rio. Ele estava desaparecido desde domingo de manhã, quando teria falado com a namorada pela última vez. De acordo com o delegado Fernando Veloso, da 7ª DP (Santa Teresa), o principal suspeito já foi identificado e era conhecido vítima.

O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte), já que o computador e outros objetos de Caio foram levados.

A porta do quarto e a da rua foram encontradas trancadas. A arma do crime estava embrulhada em um saco. Também foram recolhidas taças e garrafas de vinho que estavam na mesa.