Traficante é morto após perseguição em Campo Grande

JB Online

RIO - O traficante Marcos Domingues Alves, conhecido como Marquinhos Binha, de 35 anos, foi morto por policiais militares na comunidade Três Pontes, em Paciência, após a tentativa de fuga e a invasão em uma igreja evangélica.

De acordo com testemunhas, o bandido teria atirado contra a delegacia da Favela do Aço - vizinha da Três Pontes - na manhã deste domingo.

Os PMs pediram reforço antes de iniciar a perseguição. Para tentar escapar, o traficante invadiu a igreja e fez uma mulher de refém, fugindo no automóvel dela. Antes de ser morto, Marquinhos abandonou o carro e a refém e invadiu uma residência, onde pegou outro refém e saiu em fuga.

O bandido foi identificado pelos policiais dentro do carro. Com o início da troca de tiros, o refém se jogou do carro em movimento, que acabou colidindo em um poste. Marquinhos, que foi atingido por tiros, chegou a ser levado com vida para o Hospital Pedro II, mas não resistiu.

O refém sofreu apenas ferimentos leves. O caso foi registrado na 35ª DP (Campo Grande).