Com 3 casos suspeitos, Itaboraí instala unidade de atendimento à gripe

JB Online

DA REDAÇÃO - A internação de três pacientes com suspeita de gripe suína, semana passada, no Hospital Municipal Desembargador Leal Junior, em Itaboraí, levou a prefeitura a instalar uma unidade especial de atendimento no local. Segundo a prefeitura de Itaboraí, a medida serve para dar mais agilidade e qualidade no atendimento, além de controlar um possível surto da doença na cidade.

Ao chegar ao Hospital o paciente é recebido por uma técnica de saúde que faz uma pequena entrevista para identificar uma possível suspeita de contágio da gripe. Nesse caso, a pessoa é encaminhada para a unidade móvel instalada no estacionamento, que está altamente equipada para atender a esses casos, dando o tratamento necessário até a confirmação da doença.

O resultado do exame, feito pela a Fundação Oswaldo Cruz, leva cerca de 24 horas para ficar pronto. Caso positivo, o paciente é encaminhado para uma área isolada dentro do hospital pra a sua total recuperação. Até esta quarta, o hospital já atendeu três pessoas com suspeitas da nova gripe, mas nenhum caso foi positivo.

- Estamos preparados para receber os doentes e cuidar deles devidamente. Todos os funcionários do hospital estão sendo treinados para lidar com essa situação - afirmou o infectologista Armandino Proença.

O diretor executivo dos médicos, André Alonso, informou que os médicos do Programa de Saúde da família (PSF) também serão orientados para identificar pacientes com suspeita de gripe suína e orientá-los adequadamente. O Hospital Municipal Desembargador Leal Junior fica na Avenida Prefeito Álvaro de Carvalho Junior, s/n, Nascilândia, e funciona 24 horas.