Rio de Janeiro 'importa' sistema Poupa Tempo de São Paulo

Carlos Braga, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - A estudante Joice Lanada, de 24 anos, moradora de Realengo, vinha adiando a renovação de sua carteira de identidade fazia um ano e meio. Não queria encarar viagem nem burocracia. Nessa terça à tarde, estava no Rio Poupa Tempo, inspirado no sistema já existente em São Paulo e inaugurado no Bangu Shopping, aguardando sua vez de dar entrada no pedido do documento. Joice não precisou nem levar foto. Tirou uma na hora, de graça. O Rio Poupa Tempo é uma espécie de Riocentro dos documentos: uma área de 6.000 metros quadrados onde são prestados 440 tipos de serviço. As informações são da coordenadora do projeto, Maria da Conceição Ribeiro, adiantando que pretende trazer também para o Rio Poupa Tempo de Bangu o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e implantar um sistema de informações da Receita Federal.

Pensamos em convidar o TRE para se instalar aqui. Também quero implementar um outro serviço. Pessoas que saibam obter informações no site da Receita Federal possam repassa-las a contribuintes que tenham dificuldade em operar computadores.

São Paulo inspirou o projeto

Funcionando desde segunda-feira da semana passada, o Rio Poupa Tempo foi inaugurado oficialmente nessa terça de manhã, pelo governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes.

Cabral lembrou da experiência de São Paulo, que o inspirou a criar um similar no estado.

Fui ver o de São Paulo. Achei extraordinária a dignidade com que o povo era atendido. Convidei o secretário de São Paulo, responsável pelo projeto, para uma reunião e chamei alguns dos meus secretários. Foi quando decidimos criar o Rio Poupa Tempo. Depois começamos a chamar os parceiros federais, municipais e privados. Escolhemos um local (Bangu, para o Rio Poupa Tempo) para instalar o que era preciso em serviços públicos.

No Poupa Tempo, as pessoas podem, no mesmo local, abrir empresas, tirar carteiras de identidade, trabalho e habilitação, obter atestado de antecedentes criminais, emitir CPF e certidões de nascimento, casamento e óbito, além de segundas vias de contas e serviços de proteção ao crédito e ao consumidor. Assim, além de tempo, poupam viagens a dezenas de escritórios para tirar documentos que sejam pré-requisitos para certificações posteriores como o CPF e a carteira de trabalho, por exemplo, dependem da identidade.

A próxima unidade do Rio Poupa Tempo deve ser instalada no Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Outra, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, também foi prometida por Sérgio Cabral. A do Bangu Shopping tem capacidade para atender até 5 mil pessoas por dia.