Dilma e Cabral assinam convênio de R$ 587 mi para tratar esgoto

JB Online

RIO - O governador Sérgio Cabral e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, assinaram na manhã desta terça-feira, no Palácio Guanabara, os Contratos de Financiamento da Caixa Econômica Federal para a Cedae, para o início de um conjunto de obras de saneamento básico do Programa de Aceleração do Crecimento (PAC). As obras vão beneficiar a cidade do Rio e oito municípios da Baixada Fluminense e do interior do Estado. Os projetos para aumento da oferta de água e esgotamento sanitário contarão com recursos da ordem de R$ 587 milhões.

- O evento é mais uma realização do governo do estado que vai ao encontro aos compromissos do país junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COI) para escolha do Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. O conjunto de obras também será um marco no fomento a importantes projetos em desenvolvimento no Estado, como para área de influência do Comperj, em construção pela Petrobras, e o Programa de Despoluição da Baía de Guanabara (PDBG) - destacou o presidente da Cedae, Wagner Victer.

As obras alcançarão, no Rio, Barra, Jacarepaguá, Vargem Grande, Vargem Pequena, Campo Grande, Santa Cruz, Bangú, Paquetá, Ilha do Governador), Jaconé, Caxias, Belford Roxo, Mesquita, São Gonçalo, Maricá, Itaperuna e Valença. Também serão realizadas melhorias no sistema de produção de água do na Estação de Guandu.