PCB perde cota do fundo partidário

JB Online

RIO - O Partido Comunista Brasileiro (PCB) teve suas contas relativas ao exercício de 2007 rejeitadas por unanimidade pelo Plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), nesta quinta-feira. A decisão é referente a diversas irregularidades, entre elas a ausência de apresentação de extratos bancários. Com isso, a legenda perde direito às cotas do fundo partidário, pelo prazo de um ano, contado da data da publicação da sentença. Da decisão, cabe recurso.