Advogado de Elias Maluco diz que seu cliente é vítima de injustiça

Camilla Lopes, JB Online

RIO - O defensor de Elias Pereira da Silva, vulgo "Elias Maluco", o advogado Maurício Valle disse hoje que vai pedir à justiça que seu cliente seja julgado em novo júri. Segundo o advogado, uma testemunha que também é co-réu no crime de assassinato do jornalista Tim Lopes ocorrido em 2002 na Vila Cruzeiro - conhecido como ngelo, se contradisse nos depoimentos prestados à polícia e à justiça.

- Não estou dizendo que meu cliente é inocente. Mas eu quero que o julgamento seja justo e não que seja feito pela mídia como está foi o primeiro julgamento. Vou levar o caso ao supremo e pedir que o Elias seja julgado com um novo júri destacou Valle.

Quando perguntado pelo JB de qual a profissão de seu cliente, Valle respondeu;

- Ele se declara como pintor de carros. Aí é aquela risada geral no tribunal, portanto eu digo que ele é traficante. Como eu disse, não é o caso de o Elias ser inocente, mas o julgamento foi injusto e eu estou chatiadíssimo com isso lamenta.