Com fim de acostamento, Ponte amplia quarta faixa

Jornal do Brasil

RIO - A pedido do secretário estadual de Transportes Julio Lopes, a concessionária que administra a Ponte Costa e Silva (Rio-Niterói) vai estender as quatro faixas por mais oito quilômetros, chegando até os três acessos de descida para o Rio Perimetral, Avenida Brasil e Rodoviária Novo Rio. A medida faz parte de um conjunto de modificações propostas pela Secretaria Estadual de Transportes, a concessionária Ponte SA e a Agência Nacional de Transportes Terrestres,para melhorar a travessia.

Hoje, quem trafega de Niterói para o Rio tem a opção de seguir por quatro faixas de rolamento desde a Praça do Pedágio até o vão central. Os trabalhos começam em 15 dias. A partir do vão central, as faixas serão reposicionadas. O acostamento será nivelado, receberá nova pavimentação e vai passar a servir também como pista de rolamento. Essa medida só será possível porque hoje a estrutura da ponte conta com as duas baias de proteção suspensas, construídas pela concessionária em fevereiro de 2008. Essas baias servem justamente para receber os carros quebrados e enguiçados na via, e para o baseamento das equipes de atendimento da concessionária.

Já estamos negociando esta medida há muito tempo com a direção da ANTT, que é quem autoriza qualquer intervenção na via. Vai aumentar em muito a fluidez do trânsito e os engarrafamentos serão reduzidos afirmou Lopes.