Uerj promove passeio em homenagem ao Dia da Abolição da Escratura

JB Online

RIO - Em homenagem ao 13 de maio, Dia da Abolição da Escravatura, o professor João Baptista Ferreira de Mello realizará, nesta quarta-feira, o roteiro geográfico Caminhando por Negras Geografias no Centro do Rio. O Itinerário terá a seguinte composição: A Praça Onze dos bambas e da pequena África do Rio de Janeiro - Sambódromo (visita) - Terreirão do Samba/palco João da Baiana (visita) - Escola Tia Ciata - Igreja de Santana, mãe de Maria, avó de Jesus, a Nanã de negra devoção (visita) - Campo de Santana - Rua Buenos Aires - Rua Uruguaiana - Igreja das Irmandades Negras de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito (visita à ex-Catedral da Cidade) - Ouvidor dos acordes iniciais do carnaval de rua - Rua do Carmo - Praça XV do júbilo da Abolição - Paço Imperial e de Isabel de Bourbon e Bragança.

- O roteiro foi idealizado para resgatar e apontar a relevância das obras dos negros na geografia da cidade do Rio de Janeiro; os negros forjaram uma geografia e fizeram todo e qualquer trabalho até 1888 - diz o coordenador do projeto.

O ponto de encontro dos participantes será na estação do metrô Praça Onze, às 14h. O término está previsto para às 18h. Em caso de tempo chuvoso o roteiro será cancelado. O evento é gratuito e os interessados podem se inscrever pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 8871-7238.

O Projeto de Extensão Roteiros Geográficos do Rio, do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Espaço e Cultura (Nepec), ocorre há oito anos e tem grande demanda. O limite é de 80 pessoas, mas, por vezes, o máximo passou a ser de 110.

No mês de maio, ainda será realizado o Roteiro Noturno no Centro do Rio a pé, nos dias 14 e 28, e o Roteiro Descortinando as Geografias dos bairros: Catete, Flamengo e Glória, no dia 30 de maio.

Mais informações pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 8871-7238.