Governo confirma suspeita no Rio e nega novos casos de gripe

Portal Terra

RIO - O Ministério da Saúde confirmou neste sábado que recebeu notificação da secretaria do Rio de Janeiro de um novo caso suspeito de gripe suína. Trata-se da mãe de um dos dois casos confirmados na capital do Estado. O ministério afirmou também que não houve novo caso confirmado neste sábado.

A mãe do primeiro caso confirmado de gripe suína contraída no Brasil de pessoa para pessoa começou a sentir sintomas da doença e também está isolada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (Hospital do Fundão), onde recebe tratamento. Exames devem determinar a contaminação ou não pelo vírus em cerca de 72 horas.

Com isto, subiria para 31 o número de suspeitas no País, mas o Ministério da Saúde só divulgará novo boletim neste domingo. Na sexta-feira, foram cofirmado seis pacientes contaminados com o vírus da influenza A (H1N1) no Brasil, com um contágio que se deu no território nacional entre eles.

Os seis casos confirmados são brasileiros, sendo cinco adultos jovens e uma criança. Dois casos são de São Paulo, dois do Rio de Janeiro, um de Minas Gerais e um de Santa Catarina. Mesmo assim, o Ministério reiterou que até o momento a transmissão de pessoa a pessoa do vírus "é limitada e sem sustentabilidade".

O que é a gripe suína

É uma doença respiratória que atinge porcos causada pelo vírus influenza tipo A, que tem diversas variantes. Algumas das mais conhecidas são a H1N1, a H2N2 e a H3N2.

A gripe suína geralmente não atinge os humanos, e até então eram raros são os casos de contágio de pessoa para pessoa. A contaminação ocorre da mesma forma que a gripe comum, por meio de perdigotos (gotículas de saliva) lançados na tosse e espirros.

Sobre o recente surto que teve origem no México, a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou que alguns dos casos registrados são formas não conhecidas da variedade H1N1 do vírus Influenza A.

Ele é geneticamente diferente do vírus H1N1 que vem atacando humanos nos últimos anos e contém DNA associado aos vírus que causam as gripes aviária, suína e humana, incluindo elementos de viroses européias e asiáticas.