Dona Marta vira exemplo e conta ponto para o Rio na luta pelos Jogos

JB Online

RIO - O projeto de policiamento comunitário

no Morro Dona Marta, levado a cabo pelo governo do estado, é uma das principais estrelas do Rio para conquistar corações e mentes dos membros do Comitê Olímpico Internacional e trazer à cidade os Jogos de 2016. Diretor de Jogos do COI, Gilbert Felli ressaltou o projeto para mostrar confiança quanto à questão da segurança urbana e do narcotráfico, um dos maiores problemas para a imagem da cidade no exterior.

- Estamos surpresos pela nova maneira de lidar com segurança pública apresentada pelo governo. Eles nos apresentaram números e um novo programa que nos fez acreditar que este sucesso será ainda maior no futuro - afirmou Felli.

Nawal El Moutawakel, chefe da comissão de inspeção, ficou impressionada com o trabalho que a capitã Priscila Oliveira tem feito na comunidade.

- Pude ver o que a capitã Priscila (Oliveira) está desenvolvendo nas favelas. É prioridade máxima para o COI, percebemos garantias de que tudo que pode ser feito será feito para a melhor segurança dos Jogos - avaliou Nawal.