Saída de carros para feriado é intensa no Rio

João Paulo Aquino, JB Online

RIO - O feriado do Dia do Trabalho é o quarto recesso dos últimos 30 dias, mas nem por isso o carioca deixou de viajar. De acordo com estimativas, mais de 320 mil veículos deixarão a Cidade Maravilhosa pela Ponte Rio-Niterói e pela Rodovia Presidente Dutra.

Apesar de a maior parte das viagens ter sido feita ontem, a Ponte S/A espera movimento intenso para esta sexta também. A concessionária estima que 69 mil veículos devam passar pela via neste feriado em direção a Niterói. As equipes de socorro médico e mecânico ficarão em sete bases operacionais, todos pontos estratégicos da rodovia para reduzir o tempo de atendimento aos usuários, que é de oito minutos em média.

O efetivo da Polícia Rodoviária Federal também foi reforçado, e um agente da PRF permanecerá no Centro de Controle de Tráfego, fazendo o monitoramento do trânsito por meio de câmeras.

A administradora da ViaLagos opera em esquema especial de atendimento para o final de semana prolongado. A estimativa é de que 110 mil veículos passem pela rodovia até domingo.

A concessionária CCR NovaDutra estima que 163 mil motoristas deixem o Rio entre esta quinta e esta sexta passando pela rodovia. O fluxo mais intenso de volta à capital deve acontecer no domingo, das 16h às 21h, horário que deve ser evitado pelo motorista.

A Rodoviária Novo Rio estima ter um movimento de 177 mil passageiros entre quinta e domingo. Segundo as estatísticas da Socicam, empresa que administra o terminal, o dia de maior movimento foi ontem, quando aproximadamente 25 mil pessoas passaram por lá, a maioria deixando a cidade. Dos quase sete mil ônibus que circulam no feriadão, 375 são veículos extras.

De acordo com as 41 empresas que operam no terminal, há grande procura por passagens para as cidades de Cachoeiro do Itapemirim, Guarapari, Colatina e Vitória, todas no Espírito Santo. Os principais destinos de Minas Gerais são Belo Horizonte, Juiz de Fora, Governador Valadares, Cataguases e Muriaé. As outras cidades preferidas são Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Porto Seguro, além das regiões dos Lagos e Serrana do Rio.