Polícia detém três homens acusados de apologia à soltura de balões

JB Online

RIO - Policiais da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) prenderam nesta quarta-feira, os baloeiros Alexandre Fabiano Batista da Cruz, conhecido como Fabinho ou FBI, de 36 anos, Luciano Marcenes Fernandes, 22, e Diogo Silva Dias, 23. Os três foram autuados por fazer apologia ao crime de soltura de balões.

De acordo com o delegado da DPMA, Fernando Reis, a prisão dos baloeiros aconteceu em razão da continuidade de uma investigação que resultou na detenção de cinco homens na semana passada, com um balão de 30 metros. Segundo o delegado, os três aparecem em um site da internet fazendo apologia ao crime de soltura de balões, exibindo o mesmo balão que foi apreendido na última semana.

Os baloeiros contaram, segundo os policiais, que são aficionados por balões e costumam resgatá-los em vários pontos do Rio, depois de soltos.

São Gonçalo

Em continuação às investigações, que têm como objetivo reprimir a soltura de balões, policiais da DPMA prenderam Nilton César Fonseca, de 39 anos, acusado de fabricar balões nos fundos de sua casa, na Rua Mascarenha de Moraes, bairro Califórnia, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio..

Ele foi detido na residência e negou ser baloeiro. Porém, após vistoria na casa, agentes encontraram quatro balões, com cerca de cinco metros cada, e uma armação de boca de balão.