Justiça acata ação do MP contra planos de saúde

JB Online

RIO - A Juíza Marceli Siqueira, da 30ª Vara Federal, julgou procedente uma ação coletiva de consumo proposta pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro contra os planos de saúde Itauseg, Golden Cross, Bradesco Saúde, Caarj e Unimed Rio.

O pedido foi formulado pelo promotor de Justiça, Rodrigo Terra, com o objetivo de impedir que esses planos excluam da cobertura o fornecimento de próteses e órteses ligadas a ato cirúrgico, mesmos aos clientes anteriores a 1999.

A ação, que se iniciou com pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro, foi remetida à Justiça Federal em razão de um dos réus (Caarj). O Ministério Público Federal, por seu turno, ratificou a petição inicial.