Falso médico agia em nome de Hildegard Angel

Jornal do Brasil

RIO - Um homem que se passava por médico foi preso nesta quarta-feira, num consultório na Vila Cruzeiro, na Penha. Segundo as investigações, o suspeito tratava os traficantes da favela e prestava serviços numa organização não governamental e num centro social na região. De acordo com a polícia, Cícero Januário da Silva, de 45 anos, já havia cumprido pena por exercício ilegal de medicina no estado de Pernambuco.

Para conferir maior credibilidade, o falso médico usava o nome fictício de Alfarah Hildegard Angel e se dizia sobrinho da jornalista e colunista do JB Hidelgard Angel. Também afirmava trabalhar para o Instituto Zuzu Angel.

Não foi para isso que criamos o instituto comentou a jornalista, acrescentando que frequentemente recebe e-mails de leitores perguntando se há parentes seus que recolhem donativos em nome da instituição.

Sempre respondo que não autorizei ninguém a fazer isso. Deveria haver uma lei contra esse tipo de usurpação sugeriu Hilde.

Além de usar nome falso, Cícero utilizava o logotipo da Santa Casa de Misericórdia nas receitas que prescrevia. Segundo nota divulgada na pela assessoria da Santa Casa de Misericórdia, o falso médico nunca teve qualquer vínculo empregatício com a instituição.