Rua Toneleros continua fechada. Copacabana vive pânico

André Balocco, JB Online

RIO - O pânico tomou conta dos moradores de Copacabana que vivem nos arredores da Ladeira dos Tabajaras. A Rua Toneleros continua fechada. Há pouco, duas viaturas da Polícia Militar passaram pela Rua Pompeu Loureiro, que está sem movimento devido ao fechamento da Toneleros, e a arma de um dos policiais disparou acidentalmente, gerando correria entre as pessoas. Uma moradora de um prédio da rua, que não quis se identificar, afirmou que um PM foi assassinado na Rua Santa Clara durante a tentativa de fuga dos bandidos pela rua, há pouco. Há informes desencontrados de que parte do bando fugiu pela Rua Constante Ramos e pela Travessa Frederico Pamplona, onde fica o Hospital São Lucas, onde teriam roubado um táxi. Outra parte do grupo escapou mais adiante, pelo estacionamento do Hospital, próximo ao Colégio Barilan, quase em frete à Rua Barão de Ipanema.

Há informações de que o tiroteio recomeçou na Ladeira dos Tabajaras e na Rua Figueiredo de Magalhães. Segundo um morador da Rua Toneleros, que pediu para não ser identificado, os tiroteio foi muito intenso como ele nunca havia ouvido. R. teve de se refugiar na área de seu apartamento com o filho e a empregada.