Faperj divulga 128 projetos contemplados com auxílio básico

JB Online

RIO - A direção da Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) anunciou na última semana a listagem dos projetos contemplados na modalidade de fluxo

contínuo de auxílio básico à pesquisa

(APQ 1).

Ao todo, foram aprovados

128 projetos. Uma das modalidades

de fomento mais antigas da Fundação, o APQ 1 destina-se a apoiar projetos de pesquisa conduzidos por pesquisadores vinculados a instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado do Rio e, assim como as demais modalidades do sistema balcão, tem seu calendário divulgado anualmente e disponibilizado na página

da Fundação (www.faperj.br).

Os recursos desta modalidade podem ser aplicados na aquisição de material permanente ou de consumo, serviços de terceiros e outros itens essenciais à realização do projeto de pesquisa.

O APQ 1 é uma das modalidades mais conhecidas da Fundação e representa importante apoio à pesquisa, notadamente para grupos de pesquisa considerados emergentes, que ainda necessitam de grande apoio para que se consolidem. Por meio dele, os pesquisadores podem, por exemplo, adquirir reagentes, equipamentos de pequeno porte e, até mesmo, realizar

pequenas obras de reparo ou instalação

em seus laboratórios, muitas vezes fundamentais para que os projetos de pesquisa prossigam disse o presidente da Faperj, Ruy Garcia Marques.

Em 2009, estarão abertos dois períodos para submissão de propostas para APQ 1. O primeiro, iniciado em 1º de março, se estenderá

até 30 de junho, com previsão de

divulgação de resultados a partir de

30 de setembro; o segundo, iniciase

em 1º de setembro e se estende

até 30 de novembro, com previsão

de divulgação de resultados a partir

de 31 de março de 2010.