Motorista que agrediu pedestre na Tijuca com barra de ferro vai a júri

JB Online

RIO - O motorista Itamar Campos Paiva, que em maio do ano passado agrediu com uma barra de ferro o gerente de compras André Luiz Reuter Lima, durante uma briga de trânsito na Tijuca, Zona Norte do Rio, vai a júri popular nesta quarta-feira. Acusado de tentativa de homicídio, ele estará no banco dos réus do 2º Tribunal do Júri da capital, no Centro, a partir das 13h. O julgamento será presidido pelo juiz Paulo de Oliveira Lanzzelloti Baldez.

O crime ocorreu na noite de 23 de maio, na Rua Almirante Cochrane. Segundo os depoimentos, André Luiz saía de uma pizzaria com os filhos de 13 e 14 anos e um amigo dos adolescentes, quando o grupo quase foi atropelado pelo Uno de Itamar que avançara o sinal. Ao ouvir a reclamação, o motorista parou e manobrou para tentar atingi-los e houve discussão. Ainda de acordo com as testemunhas, Itamar saltou do carro e agrediu André na cabeça com uma barra de ferro. Ele sofreu afundamento do crânio, tendo sido operado e ficado em coma.

Itamar está preso preventivamente na Polinter do Grajaú. Durante o processo, ele chegou a ficar internado no Hospital Psiquiátrico Heitor Carrilho.