Preso estelionatário que usava nome de mortos para comprar na Internet

JB Online

RIO - Policiais da 32ª DP (Taquara) prenderam, em flagrante, nesta terça-feira, Marcelo Pires Medeiros, 40 anos, pelo crime de estelionato. Em sua residência, os agentes encontraram grande quantidade de eletrodomésticos adquiridos com uso de documentos falsos, além de notas fiscais em nome de pessoas falecidas.

Os policiais foram investigar uma denúncia de que em uma casa, na Rua Bem-Te-Vi, no bairro da Taquara, havia várias mercadorias de procedência duvidosa. No local, verificaram a veracidade da informação e prenderam Marcelo.

Os agentes apreenderam, na residência do criminoso, dois freezers, uma chopeira elétrica, uma lava-louça, uma secadora de roupas e dois notebooks. Todos os produtos era novos, comprados em inúmeras lojas, com notas fiscais em nome de pessoas diferentes.

Na delegacia, Marcelo confessou que usava um notebook para acessar a Internet e adquirir, em sites de lojas que comercializam eletrodomésticos, as mercadorias, que depois seriam revendidas por ele.

Entre os documentos apreendidos na casa de Marcelo, foram encontrados um cartão de crédito bloqueado, cópias de identidades e CPF, em nome de várias pessoas, um comprovante de residência, além de uma cópia de carteira de jornalista e outra de militar.

Os policiais descobriram que contra Marcelo havia duas anotações criminais pelo crime de estelionato.