Tereza Porto participa de aula inaugural do Programa Autonomia

JB Online

RIO - A partir deste mês, cerca de 600 escolas estaduais vão estar engajadas no controle à defasagem idade-série. A aula inaugural do Programa Autonomia acontecerá nesta terça-feira, às 10h, no Teatro João Caetano, com a presença da secretária de Estado de Educação, Tereza Porto.

A inspiração do nome do programa veio das propostas educacionais de Paulo Freire, no livro Pedagogia da Autonomia, aliadas ao samba homônimo de Cartola. Para conhecer um pouco mais sobre o compositor, cerca de mil alunos e professores vão conhecer, no dia do evento, dois antigos parceiros de Cartola, Elton Medeiros e Cláudio Jorge. A jornalista Sandra Moreyra será a mestre de cerimônias.

Desde o início do ano, 679 professores receberam treinamento durante uma semana sobre como trabalhar a defasagem utilizando recursos audiovisuais e material didático dos principais núcleos de excelência das universidades brasileiras. A partir da capacitação, esses docentes vão atuar nas salas de aula de forma multidisciplinar, ou seja, lecionando em todas as matérias escolares.

Nesse primeiro momento, serão atendidos 17 mil estudantes. Até agosto, a marca deve chegar aos 50 mil e, em 2010, completa-se o número total de 70 mil alunos beneficiados pelo programa.

O Acre, desde 2003, adotou a metodologia e conseguiu reduzir a defasagem idade-série de 54,12% para 17,12%. Com base nesses números, a proposta é também minimizar esse quadro no Rio de Janeiro, revertendo a pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), de que aproximadamente 41% dos alunos do Ensino Fundamental e 61% do Ensino Médio têm idade incompatível com a série que cursam.