Prefeitura de Caxias derruba muro em Área de Proteção Ambiental

JB Online

RIO - Um muro de 40 metros de extensão e três de altura construído em área de preservação ambiental de cerca de 2 mil metros quadrados, no Parque Equitativo, foi derrubado nesta segunda-feira, 16 de março, pela Prefeitura de Duque de Caxias. A ação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente atendeu a determinação do Ministério Público.

O muro foi construído, na Rua Londres, no início do ano passado. O proprietário identificado apenas como Vilson não atendeu ao auto de constatação 028/08, da Secretaria de Meio Ambiente, que proibia a obra por ser Área de Proteção Permanente (APP). Com a construção do muro, o dono impediu que os moradores usassem as fontes de água natural, canalizou uma das minas d'água e colocou uma torneira do lado de fora. Segundo denúncias, o local também seria usado para festas particulares pelo proprietário.

Ao entrar no local, o Secretário de Meio Ambiente, Samuel Maia, que conversou com os moradores, constatou que grande parte do terreno foi impermeabilizado com concreto e desmatada para colocação de postes de iluminação. Na área concretada, o dono colocou uma lona igual as usadas em espaços culturais e guardava dois ônibus transformados em camarins, com poltronas, ar-condicionado e banheiro. O Secretário determinou a demolição de um banheiro de alvenaria e encontrou várias placas irregulares do IBAMA, autorizando a construção do muro, o que é proibido em área de Mata Atlântica.

A retirada do concreto será feita pela Secretaria de obras e os ônibus serão retirados pela Secretaria de Serviços Públicos para o depósito da Prefeitura, até que o dono apareça. O mesmo deverá acontecer com o material encontrado no local. A operação também contou com o apoio das Secretarias de Obras e Guarda Municipal.