Empresariado, Estado e Prefeitura juntos contra a dengue em Niterói

JB Online

RIO - A Associação do Conselho Empresarial de Cidadania (ACEC) entrou de corpo e alma na luta contra a dengue em Niterói. Por iniciativa da entidade - que tem entre seus membros a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi), Soter, Pinto de Almeida, Patrimóvel e Brasilamarras - estão sendo abertas as portas de canteiros de obras, em toda a cidade, para palestras educativas feitas por técnicos da Secretaria Municipal de Saúde.

Muitas palestras são realizadas pela manhã bem cedo, antes que os operários comecem a trabalhar. Com apoio audiovisual, a equipe da Secretaria de Saúde explica como ocorrem os surtos da dengue, quais são as alternativas mais eficazes contra a doença e como combater a proliferação do mosquito aedes aegypti. As perguntas da plateia vão sendo respondidas, e ao final os trabalhadores recebem prospectos educativos sobre o tema, produzidos pela Imprensa Oficial do Estado.

- A conscientização popular é fundamental numa campanha como essa, e o fato de os canteiros de obras estarem sendo abertos para as palestras educativas tem um excelente caráter multiplicador - comenta o secretário municipal de Saúde de Niterói, Alkamir Issa. Na sexta-feira, 6 de março, ele esteve desde as 7 da manhã acompanhando a ação didática para mais de 50 operários da construção de um edifício na Rua Gavião Peixoto, 70, em Icaraí, na Zona Sul da cidade.

O presidente da ACEC, Robson Gouvêa, destaca ter tido aprovação unânime a ideia de uma ação conjunta dos membros da entidade contra a dengue.

- Quando cedemos horas de trabalho remunerado dos nossos funcionários para que assistam às palestras, estamos contribuindo com esse esforço, que deve ser de toda a sociedade - diz Robson.

- Não apenas as empresas do mercado imobiliário aderiram, mas também indústrias navais, sindicatos, universidades, concessionárias de energia e de serviços públicos. Na Leader, por exemplo, promoveremos palestras para quase dois mil funcionários, nos próximos dias - adianta o empresário.

Todos os integrantes da ACEC estão publicando o anúncio da campanha em seus informativos institucionais. A mesma arte está em cartazes afixados em lojas, corredores de faculdades, oficinas e estandes de vendas por toda a cidade.

Ação conjunta

A ACEC congrega empresas e entidades de classe que, juntas, representam mais de 90% do PIB de Niterói. São 22 integrantes: ADEMI; Águas de Niterói; Ampla; Barcas; Beira-Mar; Brasilamarras; Casa de Saúde N. Sra. Auxiliadora; CDL; CEG; Estaleiro Promar; Lojas Leader; Patrimóvel; Pinto de Almeida; Ponte S.A.; SETRERJ; Sindilojas Niterói; Soter Engenharia; UNIPLI; Universidade Estácio de Sá; UNIVERSO; Viação Pendotiba, e Viação Ingá.

Desde que foi fundada, em 23/11/2005, a Associação assumiu como missão articular projetos para propor soluções e contribuir para o desenvolvimento da cidade. Apartidária e sem fins lucrativos, a ACEC cultua valores como a independência e a transparência em suas atitudes, mantendo compromisso com a melhoria da a qualidade de vida e da sustentabilidade social, econômica e ambiental de Niterói. Desde janeiro de 2008, a ACEC tem na presidência Robson Gouvêa (Grupo União de Lojas Leader/ presidente do Conselho de Administração). Robson é também diretor-tesoureiro da Fecomércio-RJ e do Sindilojas Niterói, além de vice-presidente da CDL de Niterói.

Com informações do governo do estado