Cinco suspeitos são presos na operação Crédito Fácil

JB Online

RIO - Cinco homens foram presos, na manhã desta segunda-feira, suspeitos de integrar uma quadrilha que clona cartões de crédito. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Apoio ao Turista (Deat), Fernando Veloso, a operação Crédito Fácil ainda não terminou.

Policiais da Delegacia de Apoio ao Turista (Deat), com apoio da 13ª DPª (Ipanema) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) estão realizando nesta segunda-feira, a operação Crédito Fácil para cumprir nove mandados de prisão e 10 de buscas e apreensão. A ação tem como objetivo prender integrantes de uma quadrilha que clona cartões de créditos, após instalações de equipamentos em caixas eletrônicos.

A investigação começou em julho do ano passado. As equipes foram para os bairros da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Inhaúma, Engenho de Dentro, Caxias, e São João de Meriti. De acordo com o delegado Fernando Veloso, a quadrilha instalava em média cinco chupa cabra equipamento que faz leitura do cartão magnético -, nos terminais eletrônico, causando prejuízo mensal as instituições financeiras em cerca de R$ 350 mil.