Licitação do monitoramento eletrônico da Alameda sai este mês

JB Online

RIO - A obra para a construção do Corredor Viário da Alameda São Boaventura, considerado um dos projetos mais importantes em desenvolvimento no setor de transportes no estado, segue em ritmo acelerado desde o início deste ano. Na tarde desta segunda-feira, o secretário de Transportes, Julio Lopes, e uma equipe técnica da secretaria vistoriaram, pela segunda vez neste ano, o andamento das obras. Após a vistoria, o grupo informou que, no fim deste mês, será divulgado o resultado da licitação do sistema de monitoramento eletrônico da via e dos ônibus que vão circular no corredor.

Segundo Julio Lopes, depois de concluída, a obra irá permitir que os veículos trafeguem a uma velocidade três vezes maior do que a atual, beneficiando mais de 500 mil pessoas por dia que seguem de Maricá, Itaboraí e São Gonçalo para o Centro de Niterói e do Rio.

- A obra da Alameda possibilitará maior fluidez do trânsito. A expectativa é de que a velocidade dos veículos, que atualmente é de nove quilômetros por hora, passe para 20 quilômetros por hora nos horários de pico comentou o secretário.

Além disso, Julio Lopes informou que, todas as terças-feiras, técnicos da secretaria se reunirão com representantes da Prefeitura de Niterói para discutir o andamento da obra. A partir dos encontros será elaborado um relatório semanal que será divulgado à população.

- Infelizmente, essa fase da obra não permite que a sociedade veja os avanços. Atualmente, a obra continua na etapa da fundação, com a cravação das estacas-raiz e a escavação e concretagem dos blocos, que são parte da fundação da estrutura da laje que cobrirá o canal da Alameda. Em abril, chegarão as pré-lajes, que já estão sendo fabricadas e darão forma às plataformas de embarque e desembarque informou o secretário.

De acordo com técnicos da secretaria, já foram concluídas 60% das estacas-raiz, 30% dos blocos e das vigas, 40% da escavação manual e 50% da remoção das possíveis interferências pelas empresas de serviços públicos. Julio Lopes informou que, nos dias 26, 27 e 29, a Ampla iniciará a primeira etapa do remanejamento dos cabos elétricos na altura da Estação Riodades.

- A nova administração da Prefeitura de Niterói tem sido parceira junto às concessionárias, colaborando de todas as formas possíveis para agilizar o andamento da obra, que segue no ritmo previsto. A visita de hoje foi apenas de rotina. Em abril, a obra vai ter mais visibilidade para a população. Esperamos trazer o governador Sérgio Cabral para inaugurar a obra no segundo semestre de 2009 - disse o secretário.

A obra está orçada em R$ 6,9 milhões e prevê a construção de duas faixas exclusivas para ônibus, seis plataformas de embarque e desembarque de passageiros, e um sistema de sinalização que irá organizar melhor o trânsito da região e irá facilitar o acesso dos pedestres às plataformas e a travessia das pistas.

Com informações do governo do estado