Associação de moradores de Santa Teresa discute segurança em plenária

JB Online

RIO - A Associação de Moradores e Amigos de Santa Teresa (Amast) realizará uma plenária para debater a questão da segurança pública no bairro, na próxima quinta-feira, às 19h, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo. O objetivo é buscar alternativas para fazer frente às inúmeras ocorrências que têm vitimado moradores e turistas no bairro.

Assaltos e roubos na rua e em residências estão avançando de forma grave, inclusive com abordagens violentas, de acordo com repesentantes da Associação. As ruas de maior ocorrência são as que dão acesso ao bairro, que funcionam também como via de fuga dos criminosos em direção à Glória, Lapa, Bairro de Fátima, Catumbi e Rio Comprido.

A excessiva exposição de Santa Teresa como destino turístico, bem como a precariedade da iluminação pública e do transporte público noturno, contribuem para o recrudescimento da violência, defendem.

Estão convidados, para a plenária o delegado da 7ª DP, Marcus Antonio; o comandante do 1º BPM, coronel Mendes Afonso; o subprefeito do Centro Histórico, Marcus Vinicius; o administrador da 23ª Região Administrativa, Fabio Vinelli; e o representante da Guarda Municipal na 23ª RA.

A plenária acontece no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, na Rua Monte Alegre, 306.