Ação da prefeitura flagra cozinhas insalubres em bares do Flamengo

JB Online

RIO - Insetos circulando, ambientes insalubres, com paredes engorduradas e sujas, além de alimentos armazenados e manuseados sem o devido cuidado. Esse foi o quadro que fiscais da Vigilância Sanitária voltaram a encontrar em cozinhas de bares e restaurantes, durante a Operação Bar Legal, organizada pela subprefeitura da Zona Sul.

Na noite desta quarta-feira o alvo da operação foi o bairro do Flamengo. Durante a ação foram vistoriados oito estabelecimentos. Cinco deles receberam o Termo de Intimação da Vigilância Sanitária solicitando adequações estruturais. Os restaurantes Le Brants e Casa Brasil receberam cada um auto de infração por falta de asseio.

No Le Brantes os fiscais encontraram baratas na cozinha e alimentos guardados de maneira incorreta no freezer; no Casa Brasil havia sujeira no local onde os alimentos são preparados e paredes engorduradas.

Agentes da 4ª Inspetoria Regional de Licenciamento e Fiscalização e da Comlurb também apreenderam mesas, cadeiras e bancos que estavam ocupando irregularmente as calçadas de vários estabelecimentos. Ao todo foram apreendidos cerca de 40 mesas e 150 cadeiras e bancos.

Com a autorização para por mesas e cadeiras na calçada vencida, o Le Brants também recebeu um auto de infração da 4ª Inspetoria Regional de Licenciamento e Fiscalização de cerca de R$ 2.250. O estabelecimento foi notificado ainda a demolir o deck de madeira construído sobre a calçada de maneira irregular.

Durante toda a ação homens da Guarda Municipal multaram carros estacionados de maneira irregular no entorno dos restaurantes.

A Operação Bar Legal da subprefeitura da Zona Sul contou com o apoio da Polícia Militar, da Polícia Civil, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, da 4ª Inspetoria Regional de Licenciamento e Fiscalização e da Comlurb.