Ponte Rio-Niterói completa 35 anos nesta quarta-feira

JB Online

RIO - A Ponte Rio Niterói completa 35 anos! No dia 4 de março de 1974, a bordo do Rolls Royce presidencial, o presidente Emilio Garrastazu Médici, o seu ajudante de ordens e futuro presidente João Figueiredo e o ministro dos Transportes, Mario Andreazza, faziam a travessia inaugural da ponte, concretizando uma secular aspiração dos habitantes da região e uma demanda do progresso do país.

Foi em 1966 que o governo tomou a decisão política de construir a ligação entre as duas cidades. A partir daí foram criadas comissões de estudos das duas alternativas: túnel ou ponte? Aprovada a opção da ponte, o projeto foi viabilizado com financiamento inglês e, em 1968, a própria rainha Elizabeth II lançava no Rio a pedra fundamental da obra.

A construção durou cinco anos e, no seu auge, empregou mais de dez mil operários liderados por cerca de 150 engenheiros. Marco da capacitação técnica brasileira, tantos foram os desafios vencidos, ainda hoje a Ponte Rio Niterói é uma obra superlativa: a maior ponte do Brasil e do hemisfério sul, a maior estrutura protendida das Américas, o maior vão em viga reta construído pelo homem. Hoje, ela é a sétima do mundo em extensão, mas, garantem engenheiros que participaram da construção, a Ponte Rio Niterói ainda é a maior do mundo em volume espacial (área construída), por conta dos pilares gigantescos e das fundações muito profundas, com tubulões a até 60 metros abaixo da lâmina d'água cravados na rocha do fundo da baía.