Mais um passo em direção ao Estaleiro de Barra do Furado

JB Online

RIO - O prefeito Armando Carneiro e a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, se reuniram com as empresas interessadas no projeto do Complexo Logístico e Industrial de Barra do Furado para discutir detalhes do empreendimento.

Durante o encontro, os governantes municipais definiram que irão a

Brasília, na próxima semana, para uma audiência com o ministro da

Secretaira Especial de Portos, Pedro Brito. As prefeituras esperam contar

com o governo estatual para, juntas, conseguirem recursos da esfera

federal para viabilizar o Complexo.

A reunião aconteceu nesta quinta-feira (05), na sede da prefeitura de

Campos, e contou com a participação de representantes das empresas STX

Europe, Eisa Estaleiro Ilha S/A e Edison Chouest Off Shore, além de

parte do secretariado de Campos e Quissamã. De acordo com o projeto do

Complexo Logístico e Industrial de Barra do Furado, as indústrias serão

responsáveis pela viabilização do estaleiro, na área de Quissamã, e da

base off shore, na parte campista.

Os prefeitos vão a Brasília pedir apoio para a compra da draga e a

implantação do sistema by pass, de transferência de sedimentos. Além de

definir o encontro com o ministro Pedro Brito, a reunião apresentou três pontos básicos para viabilizar o empreendimento, considerado de grande importância para geração de empregos na região. Segundo entendimento entre Armando, Rosinha e os empresários, dentro de 30 dias deverá ser lançado o edital de dragagem do Canal das Flechas.

Outro ponto identificado durante a reunião é que os dois municípios

deverão ratificar um termo de compromisso com o governo estadual. Além disto, ficou acertada a formação de uma equipe técnica entre prefeituras e o Governo do Estado para estudar a obra de infraestrutura em Barra do Furado.

Também participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Haroldo Cunha Carneiro; e de Comunicação Social, Rodrigo Florencio; e o vice-presidente da Câmara Municipal de Quissamã, Edi da Silva. Já os representante da prefeitura de Campos foram o coordenador de Infraestrutura, David Loureiro; o secretário de Desenvolvimento, Eraldo Bacelar; os secretários de Fazenda, Francisco Esquef; e de Comunicação, Maulo Silva, além do diretor do Centro de Informação e Dados de Campos (Cidac), Ranulfo Vidigal.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais