Eduardo Paes diz que campanha italiana é de mau gosto

JB Online

RIO - A campanha publicitária da grife italiana Relish que tem dado o que falar, ao usar mulheres sendo revistadas de forma abusiva por homens com fardas da Polícia Militar do Rio, recebeu críticas também do prefeito Eduardo Paes, neste sábado. Ele anunciou que o secretário especial de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, tem seu apoio para pedir à Embaixada italiana a retirada das peças de outdoors no país. O material foi produzido na orla da Zona Sul do Rio e serve como reflexo negativo sobre o Rio, segundo o prefeito.

- Achei de muito mau gosto essa campanha frisa Paes.

Outro que também entrou na briga é o deputado federal Otavio Leite. O parlamentar prometeu encaminhar um manifesto para a Comissão de Turismo e Desporto da Câmara.

A assessoria da Polícia Militar nega que as fardas usadas pelos modelos sejam oficiais da corporação. A identificação foi feita através do brasão, que não é o do Rio de Janeiro.

Quanto ao governo do estado, também negaram ter conhecimento dessa campanha publicitária, e que ela não foi autorizada.