Exposição na Uerj traz desfile de carnaval em miniatura

JB Online

RIO - Quando começaram a confeccionar miniaturas de fantasias carnavalescas para testar o visual obtido antes de entrar no sambódromo, os carnavalescos Léo Moraes, Arlindo Arruda e Sérgio Eduardo não poderiam imaginar que suas bonecas sairiam do barracão da Escola de Samba Acadêmicos do Cubango, em Niterói, para galerias de arte.

A idéia dos três amigos deu origem à exposição Carnaval na Palma da Mão, que reproduz, usando bonecas de plástico, o desfile de uma escola de samba com todos os seus segmentos, como alas, carros alegóricos, bateria, rainha da bateria e passistas. A mostra está em cartaz na Galeria Gustavo Schnoor, do Centro Cultural da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), até o dia 31 de março.

- Muitas vezes, no figurino em tamanho natural, não é possível visualizar a totalidade de uma fantasia. Para nós, que trabalhamos em uma escola do grupo de acesso, é interessante utilizar a miniatura porque experimentamos materiais sem ter o custo elevado de uma fantasia em tamanho normal. Depois do desfile sempre jogávamos essas bonecas fora. Até que um dia, uma artista plástica visitou o barracão, viu uma das bonecas e perguntou se podia ficar com ela. Foi o pontapé para que fôssemos convidados a fazer exposições detalha Léo.

Os carnavalescos ressaltam a importância da mostra, lembrando que a idéia é apresentar os bastidores do carnaval, ou seja, como o carnaval é feito.

- Queremos despertar o interesse das pessoas em relação a essa grande festa, mostrando que há milhares de profissionais envolvidos na produção de um desfile e que este é um trabalho que não para, que acontece o ano inteiro explica Sérgio.

A visibilidade do trabalho junto ao grande público, que se encanta com o detalhamento das miniaturas, já rendeu frutos. Além das exposições, as peças estão à venda no site (www.artecarnaval.com.br), na loja do Hotel Copacabana Palace e em uma joalheria de Ipanema, na Zona Sul do Rio. Nestes dois últimos, as bonecas são confeccionadas com materiais mais nobres, como pedras preciosas tipicamente brasileiras. Os turistas estrangeiros são os principais compradores.

A exposição Carnaval na Palma da Mão fica aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, com entrada gratuita. A Galeria de Arte Gustavo Schnoor fica dentro do Centro Cultural da Uerj, na Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã. Mais informações pelo telefone (21) 2587-7796 / 7182.

Promovendo cultura

A galeria de arte do Centro Cultural foi criada em 2001 com o objetivo de realizar exposições de arte e cultura, das mais variadas tendências, produzidas não só por pessoas vinculadas à Uerj como também por outros artistas. No ano passado foram feitas 15 exposições no local e, para este ano, estão agendadas 12.

- No ano passado, começamos a fazer palestras antes das exposições. Convidamos especialistas da universidade e de fora dela para falar sobre os temas nas inaugurações. Afinal, as galerias estão inseridas no universo acadêmico, que tem a missão de produzir e disseminar conhecimento afirmou a coordenadora de exposições do Departamento Cultural da Uerj, Cássia Frade.