Estado encerra Mutirão Carcerário com presença de ministros

JB Online

RIO - A Secretaria de Administração Penitenciária realiza, neste sábado, às 10h30, o encerramento do segundo mutirão carcerário organizado em parceria com o Conselho Nacional de Justiça no Rio de Janeiro. O mutirão está sendo realizado desde a última segunda-feira na unidade prisional Vicente Piragibe (presídio de Bangu), com a participação de equipes de juízes da Vara de Execuções Penais do Estado, defensores públicos e promotores do Ministério Público.

O mutirão tem como objetivo agilizar processos, audiências e fornecer instruções processuais e serviços sociais aos apenados, como carteira de identidade ou registro de nascimento, entre outros.

O encerramento acontece em solenidade que, além do subsecretário geral de Administração Penitenciária, coronel Ipurinan Calixto Nery, e do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Gilmar Mendes, terá a participação do corregedor Nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp; dos secretários de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e da Casa Civil, Regis Fichtner; e o presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), desembargador Carlos Schmidt Murta Ribeiro.