Choque de Ordem retira 50 ambulantes em rua próxima à Vila do João

Júlia Moura, JB Online

RIO - A Operação Choque de Ordem retira, neste momento, cerca de 50 barracas de ambulantes na Rua Nove, próximo à Vila do João. Policiais civis acompanham a retirada comandada pelo delegado Carlos Oliveira, subsecretário da Ordem Pública, e por Alex Costa, subsecretário de Controle Urbano. Os ambulantes estão revoltados. Seis caminhões da Comlurb fazem a remoção do material.

No começo da operação, alguns ambulantes tentaram recuperar suas mercadorias. O presidente da associação de moradores da Vila do João, Marco Antonio Barcelos, acusa o coordenador da área urbana da prefeitura anterior, Lúcio Mauro, de dar permissão para que os ambulantes poderiam trabalhar no local desde que as barracas fossem padronizadas.

- O Lúcio Mauro deve uma satisfação. Só estamos aqui porque ele garantiu que após a padronização das barracas, a gente iria ganhar a autorização - disse Marco, que diz ter concluído a padronização das 53 barracas azuis em outubro de 2008.

O subsecretário Carlos Oliveira disse que, se for constatada alguma ludibriação por parte do Lúcio Mauro, o caso será encaminhado para a Polícia Civil:

- Se realmente se isso aconteceu, iremos informar à Polícia Civil, que irá prosseguir com as investigações - disse Carlos, que constatou ainda roubo de energia.

Um homem, ainda não identificado passou mal e foi levado por guardas municipais para a UPA da Maré.