Universitário morto: parentes suspeitam de vizinhos do bar

Julia Moura, JB Online

RIO - Parentes do univertário Victor Muanis, 23 anos, morto após ser atingido por uma bala perdida, na Lapa, na madrugadad e sexta-feira, supeitam que o disparo tenha ocorrido de algum prédio vizinho ao bar onde o jovem se encontrava. Victor foi socorrido e velado para um hospital por um amigo, mas acabou morrendo na manhã desta terça-feira.

Irmão do universitário, José Muanis esteve na tarde desta terça-feira para liberar o corpo, no Instituto Médico Legal (IML). Ele contou que recebeu a informação de que moradores vinham reclamando do barulho no bar, localizado na Rua Silva Romeo, quase esquina com a Rua do Riachuelo. A suspeita se deve ao fato de que não huve qualquer confusão no estabelecimento no momento em que Victor foi atingido nem há uma favela próxima.

Victor estava internado em coma induzido no Hospital São Lucas, em Copacabana, desde sexta-feira. De acordo com a assessoria do hospital, o rapaz teve traumatismo craniano.

De acordo com amigos, o rapaz caiu de repente no chão. Os amigos acharam que ele estava passando mal, só depois de alguns minutos é que perceberam que ele tinha sido atingido na cabeça por uma bala perdida.

O inquérito está sendo investigado pela 7ªDP (Santa Teresa). De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança, a Policia Militar realiza um policiamento de rotina na Lapa.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais