Motorista que matou Sendas vai a júri popular

JB Online

RIO - O juiz Fábio Uchôa Montenegro, do 1º Tribunal do Júri, decidiu levar a júri popular o motorista Roberto Costa Júnior, acusado da morte do empresário Arthur Sendas. O juiz também negou liberdade provisória ao acusado.

O crime ocorreu após uma discussão entre o motorista e o empresário. Roberto alegou, na época do crime, ter disparado acidentalmente contra Sendas.

Na sentença, o juiz ressalta que o crime foi cometido por motivo fútil e contra uma pessoa maior de 60 anos, o que dificultou a defesa da vítima.