FIA recebe doação de R$ 180 mil da Nova Cedae

JB Online

RIO - Em solenidade no Palácio Guanabara, na manhã desta terça-feira, a Nova Cedae doou um cheque no valor de R$ 180 mil para o Fundo para a Infância e Adolescência do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente. A doação faz parte das ações da companhia voltadas à cidadania e responsabilidade social e foi possível em função do lucro previsto para o exercício 2008, com base na Lei nº 8069/90 e na Instrução Normativa 267/2002, que permitem o abatimento de até 1% do Imposto de Renda devido, para aplicação em projetos dos Fundos dos Direitos da Infância e Adolescência.

Para o governador Sérgio Cabral, a doação feita pela Cedae vem marcar mais uma vez a recuperação da companhia, que, graças ao bom desempenho que vem alcançando na sua gestão, pode estar cada vez mais presente em ações voltadas para o desenvolvimento de políticas sociais.

- Durante a campanha, pude perceber que os funcionários queriam a melhoria da Cedae para que a empresa pudesse atender com mais qualidade à população. Estava claro que não se tratava de uma simples questão corporativa. A doação de R$ 180 mil, sobre o último trimestre de 2008, vem confirmar a melhoria da empresa. Melhoria dos seus serviços, da sua estrutura organizacional, da sua saúde financeira, entre outros avanços. Agora que a empresa apresenta melhores resultados, pode atender bem melhor à população fluminense.

O presidente do Conselho Estadual de Defesa da Criança e Adolescente, desembargador Siro Darlan, destacou o comprometimento da Cedae em ações de responsabilidade social e disse que, com a participação de cada um, seja pessoa física ou jurídica, pode-se chegar a uma verba de R$ 600 milhões por ano para serem aplicados em projetos sociais.

- As pessoas físicas podem por doar até 6% e as empresas 1% do Imposto de Renda. Se todas as pessoas que declaram imposto doarem, poderemos ter cerca de R$ 600 milhões para serem aplicados em projetos sociais no estado e mudar a vida de muitas das nossas crianças e adolescentes.

Nesse sentido, o secretário da Casa Civil Régis Fichtner, anunciou o lançamento de uma grande campanha no início de 2009.

- Vamos desenvolver uma grande campanha de mídia, no início de 2009, buscando captar esses recursos. Acredito que atingiremos esse valor para aplicação em projetos sociais voltados para as crianças carentes do nosso estado.

Para o presidente da Nova Cedae, Wagner Victer, a doação feita pela empresa é emblemática, no que se refere à recuperação da companhia.

No início de 2007, o governador Sérgio Cabral lançou o desafio de que a Cedae não dependesse mais de recursos do estado para operar. Agora que a companhia está dando lucro, pode investir em áreas como saúde e educação, entre outras, e doar recursos para serem aplicados em políticas sociais. Tal postura está coordenada com sua política de responsabilidade social, já aprovada em seu Conselho de Administração, que focará tal apoio para projetos aprovados no fundo e que estejam voltados ao combate às doenças e outras deficiências em crianças. Temos certeza que outras empresas privadas e estatais caminharão na mesma linha da Cedae - disse.

Com esta ação, a Nova Cedae inicia seu programa de aplicação de recursos em fundos incentivados em Imposto de Renda, em função dos resultados econômicos já obtidos pelo processo de modernização gerencial em curso.

Na ocasião, o governador Sérgio Cabral fez a entrega das chaves da frota de motocicletas da Cedae. Com isso, a companhia estará criando um novo sistema de movimentação no atendimento ao interior do estado, que aumentará a qualidade e a rapidez dos serviços prestados.