Sancionada Lei que cria campanha de prevenção à síndrome do pânico

JB Online

RIO - A partir de agora, a população fluminense poderá participar, anualmente, da Campanha Estadual de Prevenção e Conscientização da Síndrome ou Transtorno do Pânico, que será realizada nos meses de setembro e consistirá na realização de palestras, exposições de painéis e dinâmicas de grupos ministradas por psicólogos, psiquiatras, cardiologistas, sociólogos e terapeutas. Foi sancionada, nesta segunda-feira, a Lei 5.354/08, de autoria da deputada Graça Pereira (DEM), que dá à Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil autonomia para organizar as atividades previstas para a campanha.

- O objetivo desta norma é trazer à tona a situação de uma significativa parcela da população. Atualmente, de 2% a 4% da população mundial sofre deste mal, que acomete mais mulheres do que homens. Tais atividades ajudarão na compreensão da sociedade sobre a doença, no debate sobre o modo de vida das sociedades modernas e na luta para que os portadores desta síndrome possam conquistar a cura - ressalta Graça Pereira.

De acordo com a lei, o Poder Executivo está autorizado a firmar convênio com instituições para que seja elaborada campanha publicitária de divulgação e esclarecimentos à população sobre o surgimento da doença, bem como seu tratamento.