Jurados do caso João Roberto estão reunidos

JB Online

RIO - Neste momento, os sete jurados que integram o júri do julgamento do cabo William de Paula, acusado de matar João Roberto Soares, 3 anos, no dia 6 de julho, na Tijuca, estão reunidos na sala secreta. Segundo informações do 2º Tribunal do Júri, a sentença deve sair por volta das 22h. o PM pode pegar a pena máxima de 30 anos de prisão, sob acusação de homicídio duplamente qualificado, motivo fútil, sem possibilidade de defesa da vítima e por tentativa de homicídio contra a mãe da vítima, a advogada Alessandra Amorim Soares, 35 anos, e do irmão Vinícius Soares, na época com 9 meses.